sábado, junho 25, 2022

Cade aprova em definitivo aquisição da Linx pela Stone

O  Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou em definitivo a aquisição da Linx, empresa de software voltado para o comércio e varejo, pela fintech Stone. Depois de idas e vindas e discussões com minoritários da Linx, a Stone arrematou a empresa por 6,8 bilhões de reais, cerca de 700 milhões de reais a mais do que inicialmente previa, no ano passado. Em março deste ano, o Cade tinha aprovado a operação, sem restrições, mas um recurso levou ao julgamento desta quarta-feira. Com a aprovação de hoje, sem restrições, a Stone poderá iniciar oficialmente a integração das duas companhias. Juntas elas terão cerca de 10 mil funcionários.

- Advertisement -
Ultimas Notícias

Aldo Rebelo afirma que censura em redes sociais é ‘talvez mais perigoso’ que fake news

O ex-ministro da Defesa, Aldo Rebelo (PDT), considera que um possível impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal não...