sábado, junho 25, 2022

O gatinho soberano de Fernando Gabeira

Desafio: assistir aos comentários ao vivo do jornalista Fernando Gabeira, 80 anos, na TV e não prestar atenção no parceiro de cena ao fundo, preguiçosamente acomodado em uma poltrona cinza. Nino, um gato caramelo de 3 anos e meio, faz parte do cenário desde o início da pandemia, em enquadramento tão perfeito que muita gente achou que o bichano era posto ali de propósito. “Imagina, nunca o botei nem o tirei de lugar algum. Ele é soberano. Quem tem gato sabe”, afirma Gabeira. Para alegria dos muitos admiradores, volta e meia o gato ganha a companhia de seu “casinho”, Tasha, gata também adotada pelo jornalista e por sua mulher, Neila — dias atrás, enquanto ele discorria sobre temas áridos da política nacional, o casal de felinos se afagava sem cerimônia, deitadinho no sofá. “Os espectadores reclamam quando o Nino não aparece, querem saber se aconteceu alguma coisa”, conta Gabeira.

Publicado em VEJA de 28 de julho de 2021, edição nº 2748

- Advertisement -
Ultimas Notícias

Aldo Rebelo afirma que censura em redes sociais é ‘talvez mais perigoso’ que fake news

O ex-ministro da Defesa, Aldo Rebelo (PDT), considera que um possível impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal não...